4.3.09




Supristes minha alma. Meu desejo. Agradeço por ter sido, não só meu, mas ainda assim, ter sido... E tendo sido, continua sendo. E sendo, sempre será. E mesmo que tudo passe, tudo mude, ainda assim, dentro de mim, há de continuar existindo tudo que tu fostes.
Encravei tua voz no meu peito e não há quem possa apagar. Te tatuei na alma, com sangue, com sorrisos, e agora, corre em minhas próprias veias. Ainda que tentes fugir, enganar-me, já não o podes fazer. Te tenho em meus pulmões, em cada passo. Preenchestes o vácuo deixado. E apenas agradeço-te por faze-lo, e faze-lo bem. Encanta-me como perfurastes meu próprio coração, e mais ainda, como já não sei nem viver sem...


" Procura-se um amigo que saiba conversar sobre coisas simples, para não se enlouquecer e para contar o que se viu de belo e de triste durante o dia. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar, para não se viver debruçado no passado em busca de memória."

2 comentários:

Ingrid disse...

Estoy aqui!!!
Amiga, lindo esse!!!
perfeito!!!
sou a primeira candidata a ser amiga ... quer dizer ja sou!!!!
Te amo de montão!!!!
Continue escrevendo ... amoOoOoO!!!
beijao!!

Carol (Linnah). disse...

Uma vez, o John Lennon disse que "se aquilo que eu tenho vai embora, é porque eu nunca o tive". Sempre discordei dessa frase.
Isso tem a ver com oq você escreveu hoje: A pessoa "pode ter ido embora", mas tudo aquilo que ela já foi algum dia fica registrado na nossa memória, assim, mesmo que essa pessoa ou coisa não esteja mais conosco ou não é oq costumava ser, nós ainda a temos, dentro de nossos corações.
Pelo menos foi essa a minha interpretação. ^^
Belo texto, você soube formular muitas das coisas que eu queria dizer.
Abraços!
Carol.