25.2.09


" Neste momento sou um louco, que pretendo neste papel pouco, dizer coisas insanas... como ameba que escapa de sua membrana."


Vejo minha vida correr pelos meus olhos num momento de pura loucura. Não me pergunte quem sou eu. Apenas olhe nos meus olhos e descubra um pouco mais do que se passa na minha mente fértil. Eu não consigo dizer tudo, e muito menos esconder. Se prestar atenção ao que digo nas entrelinhas, vai aprender que nem tudo é preciso ser dito. Afinal, estar ligado com os outros vai mais além do que apenas dizer que se conhece a muito tempo. Vai muito além de passar a noite batendo papo ou uma tarde jogando.
Se quiser saber o que eu realmente penso não procure me entender. Aceite o que eu sou e mergulhe nos meus pensamentos e se deixe levar pelas palavras que eu pronuncio. Nem todos consegue se encontrar nos meus lábios e nos meus olhos. Se quiser viajar sem tirar os pés do chão,leia um bom livro sem se preocupar com o final ou quando vai acabar.
Quer descobrir o que se passa no meu coração?
Me deixe ser eu...
Como?
Apenas sendo você...

13.2.09


"Ficaremos acordados
Imaginando alguma solução
Prá que esse nosso egoísmo
Não destrua nosso coração".


Solte-se do mundo. Acompanhe o ritmo dos seus pés e deixe que eles te guiem por um caminho longo e desconhecido. Não acredite que nada pode mudar, nem que as pessoas não têm jeito, e que o mundo está perdido. Seja fiel aos seus conceitos, acredite nas suas vontades, encare seus vícios e manias.
Tente se doar mais para os outros, fazê-los felizes. De um sorriso, um abraço. Perguntei "como vai?" Interessado em saber a resposta, e esteja preparado para ouvir um não. Passe longas horas conversando ou apenas ouvindo. Sente-se ao lado sem dizer nada, apenas sendo companheiro e fiel, e não precisando de motivos para se estar próximo. Beije. Aperte. Faça cócegas. Festeje sem preocupação. Grite muito alto junto com alguém e depois gargalhe muito por sentir-se tolo. Faça um favor para alguém que não gosta de você. Pelo menos ela não vai achar que você é um imprestável. De bom dia ao motorista do ônibus, ao trocador, a senhora no banco. Ao padeiro. De bom dia ao sol, porque nem todos podem vê-lo todos os dias. Diga aos seus amigos o quanto você é grato por eles estarem na sua vida. Decore cada forma de agir deles, para mais tarde quando eles já não estiverem na sua vida, mas sim cursando o rumo deles, você possa lembrar de cada uma das palavras que lhe faziam gargalhar.
E é assim que vou vivendo. Portanto não tente me conter. Não queira saber qual o meu limite, porque afinal, nem eu mesma sei se tenho um. Não espere que eu ouça cada uma das suas palavras. Não imagine que eu sou completamente sã, nem completamente louca. Simplesmente olhe dentro dos meus olhos e você saberá o que eu sinto. Olhe o ritmo dos meus pés e terá noção de como fluem os meus pensamentos. Fique em silêncio e você poderá ouvir até mesmo o meu coração bater...


"Será que vamos conseguir vencer?"


5.2.09

"Não quero alguém que morra de amor por mim... Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando. Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade..."


Um abraço. Um carinho. "Eu te amo". Nem sempre é o que queremos ouvir de alguém que nos faz palpitar o coração ou revirar os olhos. Apenas queremos mais uma sinceridade, um desejo, um impulso. Queremos olhar nos olhos e ver dentro da alma, descobrir o que a mente pensa. Sentir os braços num abraço longo e demorado. Aproveitar o calor humano como só uma forma de carinho. Se aconchegar...
Anotar na agenda o quão delicioso foi atender ao telefone e ouvir um "alô" conhecido. Uma voz suave. Ver o sono indo embora depois de pouco mais de 5 minutos na linha. Sentar pra conversar até as 5 da manhã sem ter que se preocupar com comentários alheios.
Apenas viver fora da bolha que cada um constrói pra si mesmo e suas emoções verdadeiras. Assistir de camarim o lado sentimental que suplica por um chamego e que é orpimido. Rasgar as idéias críticas da sociedade quanto as verdadeiras emoções. Deixar e ver transparecer o verdadeiro eu de cada um dos que te cercam...
Viver um conto real, um sonho não mais imaginário... E permanecer assim até o dia que seu coração não aguentar mais tanta alegria. Encher-se de satisfação e desfalecer aos poucos, com um sorriso bobo no rosto e uma felicidade tão estonteante que não há como explicar...

"...Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena!!!"
Mário Quintana