25.2.09


" Neste momento sou um louco, que pretendo neste papel pouco, dizer coisas insanas... como ameba que escapa de sua membrana."


Vejo minha vida correr pelos meus olhos num momento de pura loucura. Não me pergunte quem sou eu. Apenas olhe nos meus olhos e descubra um pouco mais do que se passa na minha mente fértil. Eu não consigo dizer tudo, e muito menos esconder. Se prestar atenção ao que digo nas entrelinhas, vai aprender que nem tudo é preciso ser dito. Afinal, estar ligado com os outros vai mais além do que apenas dizer que se conhece a muito tempo. Vai muito além de passar a noite batendo papo ou uma tarde jogando.
Se quiser saber o que eu realmente penso não procure me entender. Aceite o que eu sou e mergulhe nos meus pensamentos e se deixe levar pelas palavras que eu pronuncio. Nem todos consegue se encontrar nos meus lábios e nos meus olhos. Se quiser viajar sem tirar os pés do chão,leia um bom livro sem se preocupar com o final ou quando vai acabar.
Quer descobrir o que se passa no meu coração?
Me deixe ser eu...
Como?
Apenas sendo você...

6 comentários:

Raziel disse...

Tia Nina, sabia que você me encanta?
Cada texto seu é melhor que o outro e sempre falando de temas desgastados, porém de uma maneira nova...
Continue assim!!
Fã numero 1

Carol. disse...

Há muitas coisas neste texto que eu gostaria de dizer a muitos. xD
Parabéns.

Natália disse...

Ah meu morango,tenho somente algo a dizer:


















P.S.: Por que? Porque há momentos que tudo que nos resta é calar;e deixar que o nosso silêncio agradeça por nós aquelas Grandes OBRAS de Arte.

Fátima disse...

Amiga!!!! Pelo amor de Deus posta mais um!!!!!
To querendo ler!!!
Beijinhos!!!
P.S: mentira a fã numero 1 da mari sou eu!!!

Fátima disse...

nem sabia q o nome da minha mae tava aparcendo auqi num entendi nada!!!!!
sou eu ta mari Ingrid ... enao minha mae!!!

Ingrid disse...

Pronto agora sim ... meu nome!!!