21.6.10

Melancolia



Em suspiros vai minh'alma
Escapa aos dedos, nua e fria...
Saudade quando havia calma
E meu coração, um músculo, batia...

Em cada estrela calma e alvadia;
Em cada esguia, trêmula e fresca palma,
Sinto fugir como se fosse água fria
Todo o canto que tanto me acalma...

O ar que falta nos meus pulmões
Dá vida a minha infelicidade
E mata aos poucos a minha alegria...

Ouvir no pulsar dos corações,
No vago ecoar da liberdade
O vão riso da melancolia...

L.M. & T. SaVeL S.

Nenhum comentário: