14.12.08




Já sentiu raiva? Aquela raiva que sobe e parece que te da fôlego e vontade de aparecer em rede nacional e dizer "Vocês estão absurdamente errados!". Foi essa tal raiva que me comeu as entranhas e estalou nos dedos, acabando numa revista dobrada e jogada num canto.
Eu lia a revista do jornal, hobby, passatempo, mania. Atrevo-me a dizer, vício. Quando deparei-me com duas matérias sobre livros. Tal foi a empolgação que me demorei mais do que devia em cada linha, consumindo cada letra, cada palavra. O Crepúsculo que pareceu enfim, atraente. Talvez mais o filme que o livro, ou talvez não... O segundo livro pareceu ser "O diário da princesa". Sorri com a foto do livro, mas os personagens ao lado da foto me pareceram demasiadamente diferentes de tudo que já li. Foi quando meus olhos encontraram o texto... E lá dizia... Espere que não me recordo de cabeça. Preciso pegar a revista, tocar naquelas páginas imundas. E antes fosse pela tinta da impressão. Enfim, assim relatava a coluna:
"O caso de Gossip Girl e de sua autora é bem parecido com o de Meg Cabot" - Nesse momento proferi qualquer coisa como "O Quê?!".
Dizia a reportagem que assim como o livro de Meg virou filme, Gossip Girl também estava chegando as telinhas, como seriado.
Mas quem raios pode dizer que o caso é parecido?
1° - O diário da Princesa [Filme] NÃO é a história do livro. É um filme baseado no livro. Ninguém leu o livro e o transformou em filme, muito menos em série.
2° - A Disney matou o pobre livro que só possuia suas longas linhas e folhas para argumentar. E sem ser ouvido, submeteu-se a um trágico resumo.
3° - Jamais o livro de Meg Cabot poderia ser comparado com o de Cecily Von Ziegesar. Primeiro porque as duas tem visões muito diferentes. "O Diário da Princesa não é mais um besteirol americano que conta como é dificil ser loira, linda, rica e ter tudo que se quer menos o amor da sua vida.

A raiva passou. Creio que foi o banho, ou talvez tenha sido a música. Ou quem sabe tenha sido Capitu, Dom Casmurro, José Dias, Escobar e todos os outros que me fizeram companhia depois de meu coração falhar por uma ou duas vezes com tal reportagem. Não que ele tenha falhado mesmo, mas tive essa sensação.

Ps: Obrigado por Dom Casmurro, Machado de Assis.

3 comentários:

Oscar disse...

Mariiii!!! XD

Ah! Smp tem um monte d gnt q nnc leu as coisas e ficam falando delas, e smp resulta numd desastre desses... Fazer o q?! O jeito é deixar p/ lá e ver o q tem na próxima pg... uhauahuahuahuahauhauahuahauhauh

BjinhoSS!!

baddo disse...

concordo, existem coisas que foram baesadas em livros e coisas que são os livros propriamente ditos filmados, o que acontece em senhor dos anéis e harry potter é diferente do que ocorre em diário da princesa, entretanto a adaptação da série bourne (pasme, é um livro e eu ainda não lí!) é mais uma adaptação excluindo algumas coisas, enquanto senhor dos anéis é um livro exaustivo pra caramba, o filme também é, todas aquelas descrições intermináveis de uma coisa por vezes não tão importante na história, estão presentes no filme em forma de flashbacks ou das histórias do gandalf ou da elfa bonitinha loira.... já na trilogia bourne, alguns fatos, às vezes chaves, foram deixados para trás, como o fato de bourne não ter sido o único assassino modafoca no globo, enfim, não curto muito leitura mas, o pouco que leio são essas baboseiras nerds, e agora tou lendo batalha do apocalipse também, acho que o único livro brazuca que me despertou a mesma sede que tolkien o/

Kirano disse...

Mais que o normal coisas do genero xD Lembro-me como se fosse ontem na revista do globo da epoca "Senhor dos Aneis, o filme que é a copia fiel do livro" eu fiquei uns 5 min com a cara de "WTF?!?". Nenhuma adaptação será fiel. Alguns acabam com o livro (vide Harry Potter 5) outras nem tanto, só fazem as alterações e cortes necessarios para aqueles que nunca viram na vida o livro entendam a historia. Um dia fazem um filme "só veja se voce leu"...
Enfim xD gostei do post
Te amo amoooor *-*
Beijos